skip to Main Content

Nascimento destaca cenário da produção de olerícolas, elaborado pela Emater/RS-Ascar

O Rio Grande do Sul apresenta uma produção anual de 1.741.030 toneladas de olerícolas de 45 espécies e cultivares. A produção nasce em áreas acima de meio hectare, pertencentes a 81.134 produtores, 25% dos quais são assistidos pela Emater/RS-Ascar. Os dados compõem uma radiografia da atividade, ressaltou o presidente da Instituição, Mário Nascimento, ao participar da abertura oficial do 5° Hortishow, nesta quinta-feira, 22, em Santa Rosa. “A nossa Emater/RS-Ascar tomou para si a responsabilidade de elaborar o diagnóstico, mostrando as produtividades médias das culturas e frutas, as regiões e os municípios maiores produtores e o número de agricultores envolvidos nas práticas de produção e comercialização”, destacou Nascimento.


Ao elogiar a realização do Hortishow, o presidente da Emater/RS observou que, diante da mudança da matriz produtiva, é um evento que leva alternativas, motivando os agricultores. “São frutos que há pouco tempo eram produzidos em fundo de quintal e hoje são de extrema importância para o Rio Grande do Sul”, resumiu.


A solenidade de abertura contou com a presença do vice-prefeito de Santa Rosa, Mauro Bauken, do presidente do 5° Hortishow, Fábio Scalco, do presidente do 24° Encontro Estadual de Hortigranjeiros, Rogério Steffen, e da diretora da Escola Técnica Estadual Fronteira Noroeste, Rosane Molinar. Também participaram o diretor superintendente das Escolas Técnicas do Rio Grande do Sul, Lúcio Vieira, a delegada da 14° Coordenadoria Regional de Educação, Odília Liberali, além de alunos e professores da Escola Estadual Técnica Fronteira Noroeste, equipes da Emater/RS-Ascar, representantes das empresas parceiras do Hortishow, e representantes de entidades locais e regionais.


Ao término da solenidade, Nascimento, acompanhado do gerente regional da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa, Jorge Lunardi, visitou as 14 parcelas demonstrativas, destacando que o Hortishow é “um embrião da produção oleirícola no Estado”, ressaltando o bom exemplo de trabalho da região de Santa Rosa. A extensionista Neida Fröhlich e a coordenadora da área de Bem-Estar Social da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa, Glotilde Bao, mostraram ao presidente da Instituição o Relógio do Corpo Humano, estrutura composta de plantas e ervas medicinais que indica o uso de cada uma de acordo com o horário de maior funcionalidade em cada órgão do corpo.


O Hortishow exibe as tecnologias de produção ligadas à oleiricultura. Quinze empresas apresentam dinâmicas e novas tecnologias voltadas ao setor de hortigranjeiros. A novidade apresentada pela Emater/RS-Ascar é a parcela demonstrativa de produção orgânica, através do cultivo protegido, adubação orgânica e controle de pragas, mostrando que é possível produzir em períodos desfavoráveis, como no verão.


Até sábado, os participantes farão visitas às unidades de produção orientadas por guias. No último dia ocorrerá o Colha e Pague, momento em que os produtos de hortigranjeiros, apresentados durante o evento, são comercializados, sendo realizada uma feira, com o participante colhendo o produto que irá levar. O horário de visitação é das 9h às 18h, na Escola Estadual Técnica Fronteira Noroeste, com entrada gratuita.


O 5° Hortishow é uma das atividades do Encontro Estadual do Hortigranjeiros, que ocorre anualmente em Santa Rosa. A realização é da Emater/RS-Ascar, Prefeitura Municipal e APRHOROSA.


Informações
Assessoria de Comunicação da Emater/RS-Ascar – Regional Santa Rosa
Jornalista Conceição Salomão
(55) 3512 6665 ou (55) 9979 8195
csalomao@emater.tche.br

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com