skip to Main Content

Fruticultura estará em evidência durante Encontro Estadual de Hortigranjeiros

Uma das principais atrações do 30º Encontro Estadual de Hortigranjeiros, o Hortishow, contará neste ano com a presença da Embrapa Clima Temperado de Pelotas, que apresentará tecnologias para a fruticultura e a olericultura. O Hortishow, que ocorrerá de 02 a 06 de outubro, é um espaço de mostra tecnológica nas áreas de produção de hortaliças, frutas e flores. O evento está sendo organizado por mais de 100 voluntários e é promovido pela Emater/RS-Ascar, prefeitura de Santa Rosa e Associação dos Produtores de Hortigranjeiros de Santa Rosa (APHROROSA).

Segundo o presidente do evento, Vânio Heimerdinger, a participação da Embrapa Pelotas representa a aproximação da pesquisa oficial junto com os agricultores da região. “É de extrema importância a presença dos pesquisadores para a troca de ideias e de experiências. Assim a pesquisa se aproxima da demanda dos agricultores e até mesmo dos técnicos da extensão rural.”

Para além da produção de leite e grãos, agricultores familiares do Noroeste gaúcho têm apostado na fruticultura como alternativa de diversificação e ampliação da renda. “O potencial da região para a fruticultura é bastante promissor, devido às condições de clima e solo favoráveis, incluindo microclimas onde é possível a produção de algumas espécies de frutas tropicais. Por se tratar de uma região com invernos menos rigorosos, é possível a antecipação da produção em relação a outras partes do Estado, com isso, são obtidos melhores preços na comercialização”, destaca o coordenador do Hortishow, engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Gilmar Vione.

Diante do interesse despertado pela fruticultura e outras atividades econômicas como a avicultura e a olericultura, as entidades regionais têm buscado assessoria junto à Embrapa Clima Temperado. Também está sendo elaborado um convênio entre diversas instituições regionais com a Embrapa, a fim de tornar a assessoria permanente, com a possibilidade de instalação de um escritório da instituição de pesquisa na região, mantendo assim, uma relação mais próxima entre a pesquisa e as demandas do setor.

Fruticultura nas regiões Fronteira Noroeste e Missões

Nos 45 municípios de abrangência da Emater/RS-Ascar, na região administrativa de Santa Rosa, 867 ha são destinados à fruticultura, envolvendo 1.481 famílias.

O destaque é para a uva, laranja, bergamota, melancia e melão. “Diversas áreas da região são inaptas para a produção de culturas anuais (grãos e forrageiras anuais), devido a problemas de declividade acentuada, baixa profundidade e pedregosidade, o que causa sérios problemas de erosão do solo e frustrações de safras. Muitas destas áreas poderiam ser utilizadas com fruticultura, amenizando os problemas ambientais e criando novas oportunidades de emprego e renda”, destaca Vione.

Nos últimos anos, foram criadas diversas políticas públicas para o abastecimento dos mercados institucionais que facilitam a comercialização de frutas, como os programas do Governo Federal, de Alimentação Escolar e de Aquisição de Alimentos, PNAE e PAA.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com